segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Hoje é dia de...


DIA DO IDOSO

Dia do Idoso
O Dia Nacional do Idoso foi estabelecido em 1999 pela Comissão de Educação do Senado Federal e serve para refletir a respeito da situação do idoso no país, seus direitos e dificuldades.
A população no mundo está ficando cada vez mais velha e, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), por volta de 2025, pela primeira vez na história, haverá mais idosos do que crianças no planeta.

Para refletir:
Hoje é o dia do idoso.
Não posso deixar passar sem pedir a todos os jovens para os seus velhinhos respeitarem.
Fonte: smartkids.com.br / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins
Jaime Afonso - Alturas do Barroso - Portugal

Hoje é dia de...


DIA DO LIVRO DIDÁTICO

Dia do Livro Didático
Vamos ler bastante?
O livro da escola que usamos para estudar as matérias é chamado livro didático. É por meio deles que podemos conhecer mais sobre vários assuntos como verbos, animais, planetas, países e suas capitais, relevo, e tantas outras coisas importantes.
Cuide do seu livro com bastante carinho, pois quando você não for mais usá-lo, outra criança poderá aproveitá-lo!
Fonte: smartkids.com.br / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Hoje é dia de...


DIA DA PROMULGAÇÃO DA PRIMEIRA CONSTITUIÇÃO

Dia da Promulgação da Primeira Constituição
A elaboração da constituição brasileira de 1891 serviu para organizar um regime livre e democrático, foi idealizada e elaborada pelo ministro da Fazenda Rui Barbosa.
Democracia é um regime de governo onde o poder de tomar importantes decisões políticas está com os cidadãos.
O voto passou a ser direto e universal, o regime de governo escolhido foi o presidencialismo.
Assumem o poder os Marechais Manuel Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto.
Rodrigues Alves foi o primeiro presidente reeleito democraticamente do Brasil - apesar de não ter assumido por morrer às vésperas da posse por gripe espanhola.

Frase famosa: democracia é o "governo do povo, pelo povo e para o povo".
Fonte: smartkids.com.br / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: A Viúva do profeta e o Azeite

E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.” (2Rs 4.2).

Há inúmeros anônimos na Bíblia. Pessoas que, propositalmente, as Escrituras não nos revelam seus nomes, talvez para que nos identifiquemos com muitas delas, nas mais variadas circunstâncias... A mulher de nossa história é uma delas. O texto sagrado nos diz: “E uma mulher, das mulheres dos filhos dos profetas.”

Esta jovem senhora era esposa de um dos discípulos dos profetas em Israel. O “reitor” da “Escola dos profetas”, ou do “seminário teológico daquela época”, era Eliseu, o sucessor de Elias. Ele era o responsável pelo que os jovens vocacionados aprendiam e colocavam em prática.

Não sabemos como eram as aulas naquele tempo, se em salas de aula, como no modelo da escola grega, ou se “assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te” (Dt 6.7), como na escola hebraica, em contexto familiar. Provavelmente, foi no modelo hebraico assim como Jesus discipulou os seus doze vocacionados para o apostolado.

Eliseu conhecia o jovem esposo daquela mulher. Ela chegou-se ao profeta de Deus, clamando, e, talvez com lágrimas nos olhos, em atitude suplicante, ela disse: “Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que o teu servo temia ao Senhor; e veio o credor, para levar os meus dois filhos para serem servos” (v.1). Era uma situação difícil e urgente. A viúva foi concisa e trouxe para Eliseu o problema angustiante, depositando aos seus pés sua necessidade.

O nome de Eliseu significa “Deus é salvador”. Talvez baseada nessa premissa, ela tivesse deixado toda a sua angústia nas mãos dele... A familiaridade com que ela fala do marido ao profeta mostra que ele realmente servira a Eliseu. Ela o identifica como “meu marido, teu servo”, isto significa que Eliseu sabia bem quem era o falecido. Talvez até mesmo Eliseu tivesse feito o serviço fúnebre no enterro dele, agradecendo a Deus por sua vida e pedindo o consolo para a família enlutada... E, agora, ali estava o problema...

A viúva ficaria sem os filhos, talvez adolescentes, pois seriam levados pelo credor para pagar as dívidas da família, como era costume na época. Isto significaria seu total desamparo, pois como uma viúva sobreviveria num contexto de discriminação ao serviço feminino remunerado? Junto com os filhos, ela poderia trabalhar e conseguir a subsistência, mas, sozinha, seria impossível...

Eliseu lhe perguntou: “Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa.”E ela disse: “Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite”. Isto bastava para Deus operar o milagre. Era necessário construir sua segurança a partir do que fora deixado pelo marido. E havia uma botija de azeite. Este deveria ser um azeite muito puro e de boa qualidade, pois talvez aquela botija guardada era para produzir o azeite da unção, usado pelos profetas para seu ministério junto aos enfermos e nas consagrações. E tanto poderia ser usado na alimentação, na produção de remédios, no serviço ministerial e para tantos fins comerciais.

Eliseu estava dando àquela mulher viúva, anônima, e aos seus filhos as chaves para um negócio lucrativo e abençoado. A sua independência financeira por meio do “pouco” que o marido deixara para a família. A multiplicação do azeite aconteceria com a sua obediência às recomendações do profeta Eliseu.


“Então disse ele: Vai, pede emprestadas, de todos os teus vizinhos, vasilhas vazias, não poucas. Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos, e deita o azeite em todas aquelas vasilhas, e põe à parte a que estiver cheia.” (v.3-4). O profeta sabia que ela não teria tantas vasilhas para encher de azeite. Seriam potes próprios para conter azeite. E a casa se encheu de vasilhas. E a porta foi fechada. Quem sabe uma oração subiu aos céus naquela hora? Quem sabe ela tenha dado a mão aos filhos e, juntos, pediram e já agradeceram pelo milagre de Deus? Quem sabe se lembraram das orações do pai falecido e ficaram cheios de coragem e fé?


Como você, querida irmã, reagiria em tal situação? Qual seria a sua atitude, se, ao buscar ajuda do “ex-patrão” de seu marido, ele mandasse você trabalhar junto com os filhos (pedindo emprestadas muitas vasilhas)? Será que o profeta não deveria acolher os órfãos e a viúva naquela “casa de profetas” e arranjar um “serviço” para ela, talvez de “cozinheira” ou “lavadeira” para pagar aos credores? Será que ele não deveria “levantar” o valor da dívida com os outros “crentes” e dar para ela?

Ela obedeceu, e todas as vasilhas foram completamente cheias. Ela mesma foi ao profeta para saber qual seria o próximo passo a ser dado. Então “disse ele: Vai, vende o azeite, e paga a tua dívida; e tu e teus filhos vivei do resto” (v.7). Que alegria para ela e para os filhos. O azeite era um produto caro e os recursos advindos da sua venda dariam para pagar a dívida (quem sabe, do aluguel? Ou da farmácia? Ou de um empréstimo no banco?), e ainda sobraria bastante para ela e os filhos viverem...

É certo que haveria muito trabalho pela frente, mas o milagre acontecera. Deus opera os seus milagres em nossas vidas, mas não dispensa o nosso trabalho, a nossa obediência e humildade diante dos problemas da vida.

Lembre-se, queridos (as) irmãos (ãs), todo problema tem solução. É preciso pegar a “fórmula” e aplicá-la da maneira correta. A Palavra de Deus tem as respostas de que precisamos. Ore. Confie. Descanse. Obedeça ao Senhor e veja o milagre acontecer. Experimente...

Fonte: http://deixaoreinovir.blogspot.com/ Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

Hoje é dia de...


DIA DO SURDO

Dia do Surdo
Você sabia que o surdo é uma pessoa tem deficiências auditivas e da fala. Muitos deficientes auditivos aprender a falar através de aulas e treinamento. É preciso sim muita força de vontade, mas com dedicação e determinação muitos deficientes auditivos conseguem se comunicar através da fala.
A leitura labial também é muito freqüente no dias de hoje. Por isto não se esqueça de quando estiver se comunicando com alguém nestas condições, articular bem as palavras e mantenha-se de frente para a pessoa. O seu corpo e sua expressão facial podem auxiliar muito na comunicação com os deficientes auditivos, por isto utilize gestos, sinais e movimentos corporais.
No Brasil a língua de sinais utilizados pelos usados urbanos brasileiros é chamada Libras. 
Fonte: smartkids.com.br / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: O Culto deve ser Divertido?


Hebreus 10.24,25 – “E consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia.” Mais de uma vez ouvi cristãos afirmando que o culto deve ser divertido, ou agirem como se eles tivessem uma responsabilidade de provar que os cristãos sabiam como “curtir” na igreja. Sempre me senti desconfortável com essa conexão, então comecei a pensar sobre o lugar da “diversão” no culto, e se isso realmente existe. Gostaria de tratar a questão respondendo como eu a fiz, e então considerando duas maneiras pelas quais ela pode ser reescrita. O culto deve ser divertido? Se tomarmos o testemunho exaustivo da Escritura, a resposta poderia ser um ressoante NÃO. “Diversão” não parece caracterizar muitas das cenas onde o povo encontra Deus na Bíblia. Somos ensinados a adorar a Deus com reverência e respeito, pois ele é fogo consumidor (Hb 12.28-29). Ter “diversão” nunca deveria ser nosso motivo principal quando nos reunimos. Nosso alvo é lembrar a grandeza de Deus, apresentar nossas petições diante dele, e agradecê-lo por suas misericórdias abundantes em Jesus Cristo. Celebração certamente deve ser incluída nisso, mas existem também momentos em que adorar a Deus produz temor, lágrimas de arrependimento, e um profundo silêncio.
Mas, deixe-me refazer a questão. O culto pode ser divertido? Depende de como definimos “diversão”. Eu sei que alguns de vocês não acreditam que eu esteja realmente levando em consideração essa ideia. E é possível que ganhe alguns comentários a esse respeito. Mas acredite: não estou tentando ser leviano. De fato, estou, no momento, na conferência de pastores de John Piper e, na última noite, ouvi uma mensagem de R.C. Sproul sobre a santidade de Deus em Isaías 6. Foi poderosa, convincente e sóbria. Adoramos a um Deus santo.
Se “diversão” for definida como uma atividade leve, sem propósito ou significado, estritamente a fim de entreter, então a resposta a “o culto pode ser divertido” deve certamente ser não. Quando adoramos a Deus juntos, não estamos procurando ser meramente entretidos ou momentaneamente distraídos dos cuidados deste mundo. Recreação não é o mesmo que adoração. Nossa alegria e prazer devem estar sempre fundamentados e formados pelos atos, natureza e atributos de Deus.
Entretanto, quando procuro por “diversão” em meu dicionário, o primeiro significado é “agradável”. Se estamos perguntando “adorar a Deus pode ser agradável?” então certamente a resposta deve ser sim. Isaías 6 não é o único capítulo da Escritura que descreve como nos relacionamos com Deus. Houve inúmeras vezes em que estive liderando o culto ou cantando como parte da congregação e pensei “eu amo fazer isso!”. O prazer inundou minha alma, e eu pude legitimamente dizer que eu estava tendo “diversão”!
Talvez isso seja semelhante ao que os israelitas experimentaram em 2 Crônicas 30. Eles estavam gostando tanto de celebrar a Festa dos Pães Asmos por sete dias que Ezequias e o povo espontaneamente decidiram manter a festa por mais sete dias (2 Cr 30.22,23)! Deve ter sido uma bela celebração! Em outra ocasião, Esdras e os sacerdotes disseram ao povo para que não se entristecessem ou chorassem porque aquele dia era “consagrado ao Senhor”, e que a alegria do Senhor era a força deles (Ne 8.9,10). Santidade e alegria não são necessariamente exclusivas.
Quando meus filhos estavam crescendo, eu queria que eles desejassem cantar músicas de louvor, e não vissem o relacionamento com Deus como algo que era apenas sério, sóbrio e solene. Afinal de contas, cantar ao Senhor deveria ser prazeroso (Sl 135.3; Sl 147.1). Davi dançou na presença do Senhor com toda sua força enquanto trazia a arca de volta a Jerusalém (2 Sm 6.12-15). O Salmista alegrou-se quando lhe disseram: “Vamos à casa do Senhor!” (Sl 122.1). Então, sim, quando definido como prazer, e não visto como o único aspecto do culto, adorar a Deus pode ser muito “divertido”. As pessoas não deveriam achar nossas reuniões sombrias ou sem vida. Sorrisos e mesmo risadas deveriam fluir enquanto consideramos quão bom, misericordioso e gracioso Deus tem sido a nós (Sl 126.2)!
Mas, deixe-me reescrever a questão mais uma vez, para expandir a aplicação. “Nossa diversão deveria ser um culto”? Bem, agora a resposta deve ser certamente “sim”. Somos ensinados em 1 Co 10.31 que quer comamos ou bebamos ou façamos qualquer coisa, façamos tudo para a glória de Deus. Ao invés de enfocar ou fazer a nossa adoração corporativa divertida, deveríamos dedicar mais tempo tendo certeza de que nossa “diversão” é adoração.
Aqui estão algumas questões que podem nos levar nessa direção:
Eu escolho uma atividade divertida porque não há nada mais para fazer ou porque eu creio que de alguma forma ela levará ao crescimento do meu amor pelo Senhor?
Quando eu jogo algo, participo de esportes ou me dedico a um hobby, minha atitude demonstra o fruto do Espírito?
Quando eu saio com um grupo de amigos, estou apenas procurando divertir-me, ou glorificar a Deus através de encorajamento, luta contra o pecado e serviço a eles?
As atividades que eu considero “divertidas” aumentam minhas afeições pelo Senhor ou a diluem?
Eu enxergo meu tempo livre como pertencente a mim ou ao Senhor?
A diversão que o mundo oferece é insatisfatória, enganosa e temporária. Não vamos idolatrá-la ou cair por causa dela. Como cristãos, podemos desfrutar de atividades divertidas sem acreditar que elas são as raízes de nossa alegria. A diversão, alegria, prazer e celebração que experimentamos quando adoramos a Deus é maior que o mundo poderá conhecer, porque a raiz dela é saber que somos completamente perdoados através do sacrifício substitutivo de Jesus Cristo. Nossa alegria está no próprio Deus. Seríamos tolos de procurá-la em outro lugar.

Viahttp://deixaoreinovir.blogspot.com/ Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

Hoje é dia de...



DIA DA CRIAÇÃO DO IBAMA

Dia da Criação do Ibama
No dia 22 de fevereiro de 1989 foi criado o IBAMA.  Você sabe para que este órgão foi criado?
O IBAMA tem uma função muito importante: preservar a fauna ? animais - e a flora ? vegetação ? brasileira. São responsáveis por fiscalizar e controlar a devastação dos recursos naturais do nosso país.
A preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável são vitais para que as futuras gerações possam continuar a habitar o nosso planeta.
Não deixe de conferir nossos especiais que são relacionados com esta data como:
Fonte: smartkids.com.br / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Acampamento: Eu quero mais de Deus



Depois do acampamento imagem e semelhança, os jovens querem mais. Eles querem mais de Deus.
Acampamento “Eu quero mais de Deus”, nos dias 18, 19, 20 e 21 de Fevereiro a Igreja Casa de Oração Encontro com Deus realizará o maior e melhor acampamento dos últimos tempos. O objetivo desta obra  é mostrar para o jovem a sua real importância no mundo espiritual abordando principais temas como a Santidade.
Dinâmicas, palestras, festas inéditas, enduro e a grande sensação do momento “O Futebol de Sabão”. Varias atrações que vão contagiar esses 4 dias de muita festa.

Agora preste atenção nos preços:
Cinquenta reais (R$ 50,00) para você passar os 4 dias com direito a comida e dormitório.
Duas pessoas da mesma família pagam quarenta reais (R$ 40,00) cada uma para passarem os 4 dias com direito a comida e dormitório.
Agora se você pretende passar somente o dia será cobrado apenas quinze reais (R$ 15,00), você poderá comer com a gente, participar das atrações, porém não poderá dormir.
Ah fala sério com um preço desses, cinquenta reais (R$ 50,00) para passar os 4 dias você ainda esta pensando se vai ou não. Garanta já o seu lugar.
Venha descobrir a sua real importância no mundo espiritual. Acampamento “Eu quero mais de Deus” dias 18, 19, 20 e 21 de fevereiro.





Postagem: Equipe Comunica ICOED 

Um Recado do pai: AMIGO É DURO A ESCALADA.


A VIDA É UMA ÍNGREME, E QUANDO ALGUÉM QUE JÁ ESTÁ MAIS NO ALTO NOS CONFORTA LÁ DE CIMA E NOS ANIMA A PROSSEGUIR NA ESCALADA ISSO FAZ BEM AO NOSSO CORAÇÃO. TODOS SOMOS COMO UM GRUPO DE ALPINISTAS, E PRECISAMOS AJUDAR-NOS UNS AOS OUTROS. ESTA ESCALADA EM QUE ESTAMOS É UM TRABALHO SÉRIO, MAS GLORIOSO. A CHEGADA AO CIMO REQUER FORÇA E PASSO DECIDIDO . À MEDIDA QUE SUBIMOS, A VISÃO SE AMPLIA . SE ALGUM DE NÓS DESCOBRE ALGUMA COISA QUE VALE A PENA, DEVE DIZÊ-LO AOS QUE ESTÃO MAIS BAIXO.

Fonte: http://roberto-servo.blogspot.com/ Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: Coragem de Mudar


“Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Coríntios 5:17).
Duas rãs eram vizinhas. Uma delas habitava uma lagoa profunda distante dos olhares públicos e a outra em um valão com pouca água e atravessado por uma estrada rural. A rã que vivia na lagoa advertia sempre a amiga do perigo e lhe aconselhava a mudar de residência. Convidou-a a morar com ela na lagoa onde teria mais segurança e comida mais abundante. A outra recusava dizendo que estava acostumada ao lugar onde vivia e seria muito difícil a mudança. Um certo dia, um carro passou pelo local e esmagou a rã embaixo de suas rodas.

Muitos cristãos vivem acomodados em seu viver diário, sem frutos, sem experiências, sem ousadia espiritual. Temem qualquer tipo de mudança e acabam sendo inúteis para a expansão do reino de Deus. Estão tão conformados com as vidas fúteis e debilitadas que não são capazes de enxergar o muito que Deus quer fazer através de seus testemunhos.

Alguns pensam que uma pessoa que vive diante de Deus não tem vontade própria e é dirigida como um autômato que apenas obedece o que lhe mandam. Não pode isso e aquilo, não podem brincar, nem se divertir, nem experimentar as coisas boas da vida. Estão equivocados!
Jesus veio nos trazer vida abundante e eterna. Veio mostrar que quando temos a coragem de mudar os antigos costumes, novos horizontes de felicidade se abrem diante de nós e mesmo ao enfrentar as tempestades que sobre todos se abatem, temos a paz verdadeira e motivos de regozijo pela certeza de que o Senhor estará caminhando sempre ao nosso lado, pronto a interceder quando isso se fizer necessário. Por que viver na sequidão e escassez se o Senhor nos oferece a profundidade de Seu amor e a fartura de suas bênçãos?
E você está disposto a mudar?

Fonte: estudoscristaos.com / Equipe comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Hoje é dia de...


DIA DO ESPORTISTA

Dia do Esportista
Você sabia que o esporte faz parte da vida do ser humano há milênios?

O esporte ajuda:
  • No crescimento físico,
  • A lidar com medos e frustrações,
  • A jogar de acordo com as regras,
  • A fazer amigos,
  • A jogar em equipe,
  • A solucionar problemas.
Como diz o velho ditado, o importante é praticar, e não competir.
As pessoas fazem esportes pelo prazer de correr ao ar livre, jogar bola e compartilhar momentos agradáveis com amigos.
Chame seus amigos e vá se divertir!!!


Fonte: smartkids.com.br / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: Encontrando a porta.


“Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, será salvo; entrará e sairá, e achará pastagens” (João 10:9).
“Se eu for um dos eleitos, então eu serei salvo, e se não for, nada poderei fazer por mim mesmo,” foi o argumento tolo usado por um fazendeiro que se dizia muito religioso conversando com um velho amigo que o visitava naquele dia.
“Então sua situação é pior que a de suas vacas, pois, vejo-as entrando pela porta do celeiro sem questionar se o lugar é para elas,” respondeu o amigo visitante.



Quando nos acomodamos, em nossa religiosidade, crendo que tudo será feito por Deus independente do que venhamos a fazer, acabamos perdendo a bênção do Senhor e a vida abundante que Ele nos promete.

Cremos, muitas vezes, que basta sermos religiosos para que nosso lugar no céu esteja reservado. Dizemos até que toda religião ou todo caminho leva a Deus, mas a Palavra é clara e nos afirma que existe apenas um “Caminho” e nenhuma outra outra porta nos fará entrar nas mansões celestiais a não ser o próprio Cristo.
Em nossa caminhada pela vida encontramos uma grande variedade de portões ou porteiras, mas apenas uma porta é verdadeira e é por ela que teremos de passar.
Tomemos a decisão de entrar por esta porta, para que alcancemos a plenitude da alegria que se encontra na presença do Senhor.

Fonte: estudoscristaos.com / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: Carregando pedras


Um fervoroso devoto estava atravessando uma fase muito penosa, com graves problemas de saúde em família e sérias dificuldades financeiras. Por isso orava diariamente pedindo ao Senhor que o livrasse de tamanhas atribulações.
Um dia, enquanto fazia suas preces, um anjo lhe apareceu, trazendo-lhe uma mochila e a seguinte mensagem:

- O Senhor se compadeceu da sua situação e manda lhe dizer que é para você colocar nesta mochila o máximo de pedras que conseguir e carregá-la com você, em suas costas, por um ano, sem tirá-la por um instante sequer.
Manda também lhe dizer que, se você fizer isso, no final desse tempo, ao abrir a mochila, terá uma grande alegria e uma grande decepção.

E desapareceu, deixando o homem bastante confuso e revoltado.
“Como pode o Senhor brincar comigo dessa maneira? Eu oro sem cessar, pedindo a Sua ajuda, e Ele me manda carregar pedras?” Já não lhe bastam os tormentos e provações que estou vivendo?”, pensava o devoto.
Mas, ao contar para sua mulher a estranha ordem que recebera do Senhor, ela lhe disse que talvez fosse prudente seguir as determinações dos Céus, e concluiu dizendo:
- Deus sempre sabe o que faz…
O homem estava decidido a não fazer o que o Senhor lhe ordenara, mas, por via das dúvidas, resolveu cumpri-las em parte, após ouvir a recomendação da sua mulher.
Assim, colocou duas pedras, pequenas, dentro da mochila e carregou-a nas costas por longos doze meses.
Findo esse tempo, na manhã da data marcada, e mal se contendo de tanta curiosidade, abriu a mochila conforme as ordens do Senhor e descobriu que as duas pedras que carregara nas costas por um ano tinham se transformado em pepitas de ouro…
Todos os episódios que vivemos na vida, inclusive os piores e mais duros de se suportar, são sempre extraordinárias e maravilhosas fontes de crescimento.
Temendo a dor, a maioria se recusa a enfrentar desafios, a partir para novas direções, a sair do lugar comum, da mesmice de sempre.
Temendo o peso e o cansaço, a maioria faz tudo para evitar situações novas, embaraçosas, que envolvam qualquer tipo de conflito.
Mas aqueles que encaram pra valer as situações que a vida propõe, aqueles que resolvem “carregar as pedras”, ao invés de evitá-las, negá-las ou esquivar-se delas, esses alcançam a plenitude do viver e transformam, com o tempo, o peso das pedras que transportaram em peso de sabedoria.

Fonte: estudoscristaos.com / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

Hoje é dia de...


DIA DO REPÓRTER

Dia do Repórter
Repórter é aquele que ama ver, ouvir, ler tudo o que é notícia!
Gosta MUITO de fazer entrevistas e aparecer na telinha...
Acompanha de pertinho todas as novidades que acontecem no dia a dia do seu país e do mundo.
O repórter pode trabalhar tanto no rádio como na televisão e, ultimamente, até mesmo na internet.
Pegue um bloquinho de papel, uma caneta e faça uma entrevista com alguém que você admira.
Experimente ser repórter por um dia!
Fonte: smartkids.com.br / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: A arte de Semear!


Um homem morava numa cidade grande e trabalhava numa fábrica. Todos os dias ele pegava o ônibus das 6h15 e viajava cinqüenta minutos até o trabalho…à tardinha fazia a mesma coisa, voltando para a casa.
No ponto seguinte ao que homem subia, entrava uma velhinha, que procurava sempre sentar na janela. Abria a bolsa tirava um pacotinho e passava viagem toda jogando alguma coisa para fora do ônibus.

Um dia, o homem reparou na cena. Ficou curioso. No dia seguinte, a mesma coisa. Certa vez o homem sentou-se ao lado da velhinha e não resistiu:
- Bom dia, desculpe a curiosidade, mas o que a senhora esta jogando pela janela ?
- Bom dia, respondeu a velhinha. – Jogo sementes…
- Sementes ?… Sementes de quê ?
- De flor.
É que eu viajo neste ônibus todos os dias. Olho para fora e a estrada é tão vazia. E gostaria de poder viajar vendo flores coloridas por todo o caminho… Imagine como seria bom.
- Mas a senhora não vê que as sementes caem no asfalto, são esmagadas pelos pneus dos carros, devoradas pelos passarinhos… A senhora acha que essas flores vão nascer aí, na beira da estrada ?
- Acho, meu filho. Mesmo que muitas sejam perdidas, algumas certamente acabam caindo na terra e com o tempo vão brotar.
- Mesmo assim, demoram para crescer, precisam de água…
- Ah, eu faço minha parte. Sempre há dias de chuva. Além disso, apesar da demora, se eu não jogar as sementes, as flores nunca vão nascer.
Dizendo isso, a velhinha virou-se para a janela aberta e recomeçou seu “trabalho”. O homem desceu logo adiante, achando que a velhinha já estava meio “caduca”.
O tempo passou. Um dia, no mesmo ônibus, sentado à janela, o homem levou um susto…
… olhou para fora e viu margaridas na beira da estrada, hortênsias azuis, rosas, cravos, dálias… A paisagem estava colorida, perfumada, linda. O homem lembrou-se da velhinha, procurou-a no ônibus e…nada !
Acabou perguntando para o cobrador, que conhecia todo mundo…
- A velhinha das sementes ? Pois é, morreu de pneumonia, no mês passado…
O homem voltou para o seu lugar e continuou olhando a paisagem florida pela janela, e sentiu uma lágrima correr pelo rosto, e um sorriso desabrochar em sua face…
“Quem diria, as flores brotaram mesmo…”
“Mas, pensando bem, de que adiantou o trabalho da velhinha ? A coitada morreu, e não pode ver esta beleza toda que ela fora responsável…”.
Nesse instante, o homem escutou atrás de si, uma gostosa risada de criança…
Num banco logo atrás, um garotinha apontava pela janela entusiasmada…
- Olha mamãe, que lindo, quanta flor pela estrada… Como se chamam aquelas azuis ?…e as branquinhas ?
Então, o homem entendeu o que a velhinha tinha feito…
Mesmo não estando ali para contemplar as flores que tinha plantado, a velhinha devia estar feliz. Afinal, ela tinha dado um presente maravilhoso para as pessoas.
No dia seguinte, o homem entrou no ônibus, sentou-se numa janela e, com um sorriso maroto nos lábios, tirou um pacotinho do bolso…

Fonte: estudoscristaos.com / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: O temor do Senhor


O temor do Senhor… |
Provérbios 1:7 – O temor do SENHOR é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.
O temor de Deus é uma das bases firmes para se construir uma história de fé duradoura. Temos vivido um tempo onde há escassez de temor. As pessoas que se dizem cristãs tem aceitado cada comportamento duvidoso em suas vidas, que tem se tornado cada dia mais difícil saber se uma pessoa serve ao Senhor ou não.
Temer a Deus é respeitá-lo. É procurar viver de modo que seja agradável ao Pai. É alinhar nosso comportamento com a maneira santa que o Criador planejou para cada um de nós. É agir como se Cristo fosse voltar ao término do dia.
Sua vida pode estar um pouco desorientada por falta de temor. Pare de aceitar a imoralidade na sua vida. Abandone relacionamentos impuros. Pare de alimentar seus olhos e seu corpo com o pecado. Aceite o padrão de pureza que o Pai determinou para você.
O temor do Senhor é o princípio da sabedoria.
Seja sábio!
A fidelidade e o perdão de Deus são muito maiores que nossos erros . se Deus é por nós,quem será contra nós.” rm 8:31
Fonte: estudoscristaos.com / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

Hoje é dia de...


DIA DA AMIZADE

Dia da Amizade
Não deixe de lembrar de seus amigos hoje!
Os amigos são como a nossa família, estão sempre do nosso lado para o que der e vier.

Vários artistas fizeram obras homenageando amigos e amigas. O cantor Milton Nacimento por exemplo, fez a famosa Canção da América. Veja que bela e emocionante canção!

Canção da América - Milton Nascimento
Amigo é coisa pra se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção
Que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver seu amigo partir
Mas quem ficou
No pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou
No pensamento ficou
Com a lembrança que o outro trancou
Amigo é coisa pra se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a
Distância digam não
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração
Pois seja o que vier
Venha o que vier
Qualquer dia amigo eu volto
Pra te encontrar
Qualquer dia amigo
A gente vai se encontrar
Fonte: smartkids.com.br / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: Tempo Certo!





Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação.” Habacuque 3:17-18

Pensamento: Imaginem a situação de Habacuque, sem previsão de colheita, sem poder contar com a sua produção, sem perspectivas nem sequer de garantir o seu próprio mantimento.  Eu imagino que este homem tenha trabalhado tanto, se esforçado, se dedicado, e mesmo assim, devido às situações adversas, ele não alcançou o resultado que esperava.  Este homem poderia ter ficado frustrado, poderia ter murmurado, mas ele manteve sua alegria no Senhor.
 Ele devia ter uma família, e precisava lhes prover o sustento, devia ter contas para pagar, enfim, assim como nós hoje em dia, desde aquele tempo o homem enfrenta os mesmos problemas.  Mas ele acreditava no mesmo Deus que nós cremos, um Deus que é capaz de renovar a nossa esperança, porque podemos crer na Sua fidelidade, e porque podemos descansar na certeza de que Ele supre todas as nossas necessidades.
Oração: Senhor Deus, ainda que as adversidades se levantem contra mim, ainda que eu não alcance o resultado que eu espero, e mesmo que as coisas pareçam tão difíceis a ponto de me fazer pensar em jogar tudo para o alto, ainda assim, eu quero poder me alegrar, e glorificar ao Senhor, porque em Ti, eu sei que as tribulações são passageiras, e que logo o Senhor me trará a vitória.  Obrigado pela Sua fidelidade.  Eu oro em nome de Jesus.  Amém.

Fonte: estudoscristaos.com / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Um Recado do pai: A garota que calou o mundo por 6 minutos

Fonte: Youtube / Equipe Comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins

Hoje é dia de...


DIA DO ATLETA

Dia do Atleta
Você pratica algum esporte?
Já pensou em virar um atleta profissional?
Mas não vai pensando que vida de atleta é apenas diversão. Tem muito treino, muita disciplina para se tornar um grande atleta. Tem horário para treinar, horário para dormir, alimentação regrada e balanceada e até dias de muita concentração antes das competições.
Mas tudo isto vale a pena quando conquistamos o prêmio máximo. É a superação do homem a cada dia conquistando um pouco mais e alcançando novas e melhores marcas. Não deixe de dar um alô para o seu amigo atleta! Se você não é um, tem sempre um amigo que é um grande atleta!
Mas esta vida de atleta não é novidade, tem origens lá na antiguidade. Foi na Grécia antiga que aconteceu a primeira olimpíadas em 776 a.c. Atualmente os jogos olímpicos que são realizados a cada 4 anos.
Fonte: smartkids.com.br / Equipe comunica ICOED
Postagem: Bruno Martins